só e imóvel a velar, encardido pelo sol e pelo tempo, testemunho de prantos, lamentações e orações.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Ninguém se encontra por acaso!









As pessoas entram na nossa vida por uma razão, por uma estação ou por uma vida inteira.
Quando alguém entra na nossa vida por uma razão, é, geralmente, para suprir uma necessidade que, muitas vezes demonstramos.
Ela vem para nos auxiliar em alguma dificuldade, nos dar apoio, orientação, ajudar física, emocional ou espiritualmente.
Ela parecerá dádiva de Deus e realmente o é! Ela estará pela simples razão de que você precisa que ela esteja lá.
Então, sem um motivo especifico, de repente, se afasta da gente e a relação esfria e acabamos por perder contato com essa pessoa.
O que devemos compreender é que nossas necessidades foram atendidas, nossos desejos realizados e a tarefa daquela pessoa de nos fazer crescer, cumprida.
As nossas orações foram atendidas pelo nosso merecimento; e a pessoa se foi para ajudar outras pessoas como nós.
Quando alguém entra em nossas vidas por uma estação, é por que chegou a vez de dividir experiências, aprender com as diferenças e crescer ainda mais.
Ela nós traz novas formas de ver a vida.
Nos ensina algo que ainda nunca aprendemos. Passamos a contemplar o nascer do sol e a esperar ele se pôr.
Passamos a dar mais valor às coisas, antes insignificantes, pois sentimos que nos mínimos detalhes, a vida passa a ter para nós maiores significados.
Mas como as estações, se hoje presenciamos flores em nosso caminho, em pouco tempo haverá apenas folhas caídas no chão. E estaremos sozinhos novamente.
Quando alguém entra em nossa vida para ficar ao nosso lado até o nosso último suspiro, de início pensamos ser por um motivo qualquer, ou por uma estação.
Mas aos poucos vamos percebendo que além de serem dádivas de Deus, é a Sua presença materializada em forma humana, como anjos vindo dos céus
para nos auxiliar a reconstruir uma face, antes molhada por lágrimas e marcadas pelas cicatrizes da vida
e que agora brilha pela resplandescência do Cristo em nossa face.


 da net

4 comentários:

  1. Adoro esse texto e fiquei feliz por ve-lo aqui. Estamos na Terra para aprender e não se aprende quase nada sozinho.
    Adorei o blog.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ninguem se encontra por acaso é um texto lindo , que se identifica muito com um livro maravilhoso que nos ensdina a ser felizes e virarmos a mesa, trata-se do livro Ninguem é Feliz por Acaso que você poderá encontrar no site www.ninguemefelizporacaso.com

    ResponderExcluir
  3. Lindo Texto!
    Não estamos aqui por acaso, todos temos uma missão, só temos que nos conectar com nosso Eu divino e descobriremos que somos todos Um!

    ResponderExcluir
  4. É tudo que acredito em um só texto,amei!!!

    ResponderExcluir